Alberto Magno contrata emissora de TV irregular por mais de 200 mil

Desde o ano passado que o Sistema de Televisão Rio Uru Ltda vem abocanhando um contrato de prestação de serviços com altos valores em Turilândia. Em 2014, o contrato foi de 154 mil reais e este ano, o valor chegou a 210 mil reais.

A empresa contratada tem sede na capital do estado e quem realmente presta os serviços são os donos da rádio comunitária Sucesso FM, que também veicula de forma irregular os informes da prefeitura. Aliás, a rádio, mesmo sendo comunitária, também é acusada de funcionar como rádio comercial, vendendo até mesmo programas para igrejas evangélicas, que tem por direito, espaço garantido por lei.

A retransmissora de TV citada na contrato também age de forma irregular. Indo ao ar no canal 4 na cidade de Turilândia, a emissora tem programação local vendido para fins políticos.

Ainda segundo denúncias, as emissoras do dito Sistema Sucesso de Comunicação tem suas frequências alteradas para um maior alcance, usando até mesmo links para ligar a torre ao estúdio, que ficam em cidades diferentes.

Na prática, a TV Sucesso, canal 4, é uma emissora de Turilândia que funciona em Santa Helena. De forma irregular, é claro.

Apesar das denúncias, os responsáveis pela emissora nunca são pegos pela fiscalização da ANATEL porque, como eles mesmos já disseram, tem gente lá dentro que avisa.

contrato_tv_turilandia

SÓ PRA LEMBRAR

Em 2012, em plena campanha política, a rádio foi tirada do ar pela direção para que não fosse ao ar o programa eleitoral gratuito do então candidato, Dr. Lobato. Na época, os donos da rádio tinham interesse em favorecer um outro candidato.

Hoje o prefeito de Santa Helena, Dr. Lobato, tem programas comprados nas emissoras de Fábio e Joãozinho.

Vai feder! Suspeita de fraude no cadastro de 24 mil pescadores no MA

Recadastramento_Maranhao_Para-1Ao tudo indica que a coisa vai feder para o lado dos pescadores e presidentes de Associações de Pescadores em diversas cidades do Maranhão. Pois, o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) abriu, ontem (27), prazo de 60 dias para que 24.673 pescadores do Maranhão, inscritos no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP), façam o recadastramento.

O objetivo do Ministério é descobrir “pescadores fantasmas” que teriam sido registrados irregularmente entre os meses de julho e outubro do ano passado, às vésperas das eleições.

Como grande parte desses registros não estava ligada a um processo ou mesmo não apresentava qualquer documentação, o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) pediu à Controladoria-Geral da União (CGU) que realizasse uma auditoria para verificar a existência de fraudes.

Depois da auditoria, a CGU orientou o MPA a publicar uma portaria suspendendo o registro de 24.673 pessoas no Maranhão e de 9.761 no Pará. Se fraudes forem comprovadas, os registros serão cancelados definitivamente.

O Ministério alerta que portar ilegalmente o Registro Geral da Atividade Pesqueira é crime. Por causa dessa prática ilegal, muitos pescadores ficam sem receber os recursos a que têm direito, como o dinheiro pago pelo Seguro-Defeso, e acabam enfrentado dificuldades para sustentar suas famílias durante os meses do defeso.

Por isso, quem insistir em usar o registro, mesmo sem comprovar que é pescador, terá que devolver os valores de seguro defeso recebidos indevidamente e responderá processo por falsidade ideológica, como manda a lei.

Gilberto Leda

Populares se manifestam na internet contra a atual administração em Santa Helena

IMG-20150728-WA0017

Ainda faltam muito para as eleições, mas o clima de campanha política em Santa Helena já está no ar. Na cidade só falta agora um carro de som tocando aquela música do “pula, pula”. As manifestações contrárias a desastrosa administração do prefeito Lobato são cada vez mais frequentes. Desta vez, populares publicaram fotos no Facebook vestindo uma camiseta com a frase “A CULPA FOI MINHA, EU VOTEI EM LOBATO.”

As fotos se espalhara também através de grupos do aplicativo Whatsapp. Descontentes com o rumo em que tomou a atual administração, “ex-eleitores” agora declaram publicamente que estão arrependidos e mudaram de ideia. Tem até parente do prefeito vestindo a camisa.

IMG-20150728-WA0005

BRIGA: Funcionárias do hospital de Santa Helena vão aos tapas

Desde cedo no Facebook não se fala em outra coisa. Segundo uma publicação na rede social, duas funcionárias do hospital municipal de Santa Helena foram aos tapas. O motivo seria uma fiscalização no hospital, mas nada está muito claro até agora. Veja abaixo a publicação completa:

NOTAS RÁPIDAS DA SEMANA

CIDADE SEM COMANDO

A viagem internacional do prefeito de Santa Helena continua dando o que falar. Lobato embarcou para Portugal na semana passada sem dá posse ao vice, Fernando Crente, mas pode ter desembolsado um alto valor pela sessão extraordinária que lhe concedeu licença para viajar. Segundo informações, Lobato confia mais na oposição do que nos seus próprios companheiros. Desde o início do seu mandato, o prefeito vem fazendo “parcerias” com adversários. Tudo começou quando Lobato comprou a peso de ouro, o apoio do avô do ex-presidente da câmara, Marcelo Marques, o ex-vereador e ex-candidato a vice-prefeito (contra Lobato), João de Rui. Afastando os amigos e comprando os inimigos, o Doutorzão vem mostrando o tamanho da sua ganância e arrogância. Passando por cima de tudo e de todos. Até dos próprios familiares.

LOBATO PODE TER IDO COMPRAR UMA CASA EM PORTUGAL

O sonho do prefeito Lobato sempre foi ser rico e morar em Portugal. Isso ele falou a várias pessoas próximas. Tanto que um dos seus apelidos é “Português”. Depois de anunciar que não quer mais ser candidato e embarcar numa viagem repentina ao país de suas origens, é bem possível que Lobato tenha ido preparar a sua mudança. O primeiro passo seria comprar um imóvel, coisa que tem feito muito ultimamente. Segundo informações de pessoas próximas, o “Português” estaria planejando viver da renda dos imóveis que já comprou por aqui e viver o resto de suas vidas em Lisboa. Ninguém duvida do que ele é capaz.

TEM  VEREADOR TRAÍRA NA ÁREA

Pois é! Tem vereador que posa de opositor e defensor do povo nas redes sociais, mas uma hora e outra se encontra as escondidas com prefeito pra fazer acordos em desfavor do povo e em favor de si próprio. Vamos espocar essa bomba nos próximos dias.

Prefeitura de Turilândia pagou quase meio milhão por São João meia boca

Sem grandes atrações, o São João de Turilândia teve um custo altíssimo para os cofres públicos. Foram quase meio milhão de reais gastos com atrações locais e até banda da própria família do prefeito. A empresa que abocanhou o contrato foi a Fisherman Produções Ltda – ME.

Essa mesma empresa também foi a responsável pela realização da festividade do aniversário da cidade ano passado, que teve um contrato no valor de 188 mil reais, como mostra a imagem abaixo:

turi02

Sem nenhuma atração de peso, como em outros anos, a festividade junina deste ano em Turilândia ainda teve uma série de confusões na organização. Barracas foram derrubadas pela prefeitura por motivações políticas.

Também foi notável a diminuição do público por conta da falta de atrações melhores e pelo aumento do índice de violência no município. Apesar de parecer mais um festejo de povoado, o valor foi de festa de capital. Veja abaixo:

turilandia01