Deixe um comentário

CHAMEM A POLÍCIA!!! Secretaria de saúde de Santa Helena torra quase 200 mil em contrato com malharia

10261781_859296804086927_848804303_n

Por incrível que pareça, a foto acima é de um lençol do hospital municipal de Santa Helena. Não só o hospital, mas todos os postos de saúde não estão usando nada de novo nas suas macas e até os enfermeiros usam jalecos levados de casa. Mas, o que surpreende realmente é o contrato fechado entre a secretaria de saúde do município e a empresa L N Pereira Confecções-ME para confecção de fardamentos, acessórios, rouparia, blusas e faixas. O valor do contrato é de R$ 197.416,00 (cento e noventa e sete mil, quatrocentos e dezesseis reais).

CLIQUE AQUI E VEJA O EXTRATO DE CONTRATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL

Apesar do montante, toda a rede municipal de saúde não tem um fardamento padronizado. Nem mesmo os agentes comunitários de saúde que usam a mesma farda usada desde a antiga administração.

Segundo informações, este é apenas um dos contratos mirabolantes que a secretária Nubiana vem fechando desde que assumiu a saúde do município. Vai ver é por isso que a moça mudou o padrão de vida da noite pro dia.

É quase inútil pedir, mas será que o Ministério Público poderia investigar?

 

10250733_859297590753515_1949163449_n

Deixe um comentário

Victor Mendes adverte que prefeituras estão sendo prejudicadas na área da saúde

O deputado Victor Mendes (PV) advertiu, na sessão desta quarta-feira (15), que o Banco do Brasil está cancelando ou dificultando o repasse de AIHs por produtividade para os municípios do interior do Maranhão, causando graves dificuldades para diversas prefeituras.

“Praticamente mais de 100 municípios no interior do Maranhão não estão conseguindo receber do Governo do Estado a AIH, os recursos da saúde para pagar os seus médicos, seus fornecedores no interior do Estado”, afirmou deputado.

Ele frisou que estes municípios estão entrando em colapso em função de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), celebrado entre o Ministério Público Federal e o Banco do Brasil.

“Recebo e acredito que os outros deputados desta Casa também estão recebendo ligações dos seus gestores municipais pedindo ajuda, muitos pensando que a culpa é do Governo Estadual, mas não é. O repasse está vindo para a Secretaria de Estado, só que o Banco do Brasil não está fazendo o repasse para os municípios”, afirmou Victor Mendes.

Ele fez um apelo para que a Assembleia Legislativa, através da Mesa Diretora, tente intermediar uma solução para o problema.

“Quem está pagando o preço por este problema é a população do interior, dos municípios do Maranhão. A saúde mais uma vez sendo prejudicada, vários prefeitos não podendo honrar seus compromissos, médicos abandonando os postos, não indo mais para as cidades trabalhar, já está chegando a um patamar desesperador”, assinalou.

O deputado informou que esteve na Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), na segunda-feira passada, tentando sensibilizar a entidade para a gravidade do problema.

“O Ministério Público Federal tem que rever esse posicionamento, tem que proibir, tem que punir, tem que intimidar. O que ele fala é que esse inquérito foi instaurado em função de retirar o dinheiro na boca do caixa; que os prefeitos do interior retiram o dinheiro na boca do caixa. Mas o meio que ele utilizou hoje está prejudicando muito mais o município do que resolvendo problemas”, declarou Victor Mendes, fazendo um apelo para que o Ministério Público Federal reveja este ato e encontre uma alternativa para regularizar o repasse do dinheiro da saúde para os gestores municipais.

“São mais ou menos 140 municípios que tem baixa atenção básica e não estão recebendo recursos e, gradualmente, os municípios de média e alta complexidade também não irão receber os recursos em função deste TAC firmado entre o Ministério Público e o Banco do Brasil. Acredito que o Banco do Brasil também, na interpretação deste TAC, está sendo um pouco exagerado quanto ao cumprimento desta medida. O Banco está pecando por excesso e está radical na solução do problema. Então, acredito que esta Casa vai ter que entrar junto com a Famem para intermediar, principalmente junto ao Ministério Público Federal, que é o detentor do TAC, mas que reveja esse ato especificamente para o bem dos municípios e do povo do Maranhão”, discursou Victor Mendes na tribuna.

Fonte: Agência Assembleia

Deixe um comentário

Prefeito Filuca e o deputado Victor Mendes fazem a alegria de milhares de crianças na zona rural de Pinheiro

Blog do Vandoval Rodrigues

Na manhã de ontem domingo (12), com muito entusiasmo o eleito deputado federal Victor Mendes (PV) e o prefeito de Pinheiro Filuca Mendes (PMDB), participaram de mais uma comemoração ao Dia das Crianças.

Além da mega festa realizada no parque do babaçu para crianças do centro da cidade e periferia, com uma vasta programação e distribuição de 5 mil brinquedos. O deputado Vitor Mendes e o prefeito Filuca fizeram também a alegria das crianças da Zona Rural.

No povoado paraíso, centenas de crianças participaram das comemorações numa festa organizada pelo vereador Jaelson (PV) e outras lideranças politicas regionais.

Através do deputado Victor Mendes e do prefeito Filuca, mais de mil brinquedos foram distribuídos fazendo a alegria da criançada.

“o objetivo do momento festivo é propiciar às crianças carentes da localidade um dia de alegria, em uma data especial e importante para qualquer criança, independente da sua condição social.” Afirmou o vereador Jaelson (PV)

Victor Mendes destacou a organização do evento e o empenho do secretariado municipal, que resultou em uma festa bonita e animada para a criançada de Pinheiro. “Fiquei feliz de participar desta festa. As crianças merecem toda a nossa atenção e cuidados”, enfatizou.

Deixe um comentário

Secretária e prefeito tentam dá calote em parque de diversão em Santa Helena

A secretária de educação de Santa Helena causou um verdadeiro alvoroço em escolas da rede pública municipal ao distribuir, na semana passada, ingressos para o parque de diversões que estava instalado na praça José Sarney.

Crianças recebiam os ingressos e eram avisadas de que isso seria o presente do “Tio Lobato”, “o melhor prefeito do mundo!”. Como criança acredita em qualquer história, lá foram as pobres crianças para o parque acompanhadas de seus responsáveis. Chegando no parque, crianças e pais ficaram arrasados. O prefeito não pagou os ingressos e as crianças foram impedidas de brincar.

O que era pra ter sido uma história feliz, acabou se tornando em mais uma trapalhada do Doutorzão, o prefeito trapalhão!

A maldade é tamanha que nem as crianças escapam!

crianca-triste

Deixe um comentário

EXCLUSIVO: Lobato cumpre promessa de campanha e faz mudança

O título desta matéria é apenas uma ironia, mas as fotos da mudança do prefeito despejado são verdadeiras. Lobato agora está pior do que nunca. Chorando miséria e dizendo por aí que nem casa tem.

Ele, na verdade, não tem casa. Tem uma mansão de quase 2 milhões em São Luis. Sem falar nos inúmeros apartamentos que já comprou desde que conseguiu meter a mão nos cofres da prefeitura. É tanto apartamento que ele até deu alguns de presentes a algumas donzelas por aí. É o que dizem… Vamos averiguar…

Por enquanto, veja as fotos da mudança do Lobato depois de ser expulso, escorraçado e despejado pelo ex prefeito Touro Weba.

Deixe um comentário

Dilma Rousseff confirma vinda ao Maranhão

A presidente Dilma Rousseff (PT) comandou uma reunião em Brasília na última terça-feira (7) com governadores e senadores da base aliada eleitos em primeiro turno, para definir estratégias e a sua agenda de campanha para a disputa do segundo turno contra o senador Aécio Neves (PSDB). E confirmou ao deputado Gastão Vieira (PMDB) que virá a Timon na próxima semana.

Durante o encontro, Dilma afirmou que na campanha do segundo turno, vai comparar as administrações do PT com os governos de Fernando Henrique Cardoso. Ela mostrará os principais programas criados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula (PT) e que foram continuados e ampliados pelo seu governo. ( O Estado do Maranhão ).

Deixe um comentário

Secretário de Infraestrutura do Estado é obrigado a recuperar MA-014

José Raimundo Frazão, titular da Sinfra.

O Poder Judiciário em Olinda Nova do Maranhão acatou o pedido de Ministério Público no sentido de obrigar o Estado do Maranhão a realizar as obras necessárias à recuperação da Rodovia MA-014, no trecho que liga os municípios de Vitória do Mearim ao entroncamento Três Marias. As obras requeridas são de recuperação e adequação da MA-014 às normas de trânsito, inclusive sinalizando a rodovia, de acordo com as normas do Código de Trânsito Brasileiro e do CONTRAN.

De acordo com a juíza Anelise Nogueira Reginato, titular de Olinda Nova, o réu entrou com pedido de suspensão da liminar concedida, o que foi indeferido pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, que manteve a decisão em todos os seus termos.

“O que é visto é o perigo em sentido reverso caso a liminar deferida seja suspensa, pois é inegável que a ausência da prestação do serviço de recuperação e sinalização da Rodovia MA-014, coloca em risco potencial os que ali necessitam trafegar, já que ficam sujeitos a acidentes, eis que se trata do único acesso aos municípios da Baixada Maranhense, sendo necessária, também, para o escoamento da produção agrícola da região”, versou a decisão do TJ. O réu contestou e apresentou cronograma da obra em questão.

“Em face do descumprimento do prazo de conclusão da obra (seja o apresentado às fls. 66/69 – vencido em dezembro/2013, seja aquele existente no quilômetro zero da Rodovia MA-014 desde o início das obras, vencido em outubro/2012), a pedido do Ministério Público, foi determinada a aplicação de multa de R$ 1.000,00 por dia de descumprimento da decisão”, destaca a magistrada.

Nesta decisão, a Justiça entendeu que é nítida a inconstitucionalidade decorrente da omissão estatal quando, por sua inércia, deixa de dar cumprimento aos mandamentos do art. 5º, XV e do art. 144, ambos da Constituição Federal, não podendo invocar em seu favor o princípio da reserva do possível, nem da discricionariedade administrativa, posto que é lícito ao Judiciário implementar políticas públicas sempre que estiver diante de uma omissão inconstitucional, tal qual a presente.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.